Um Curso
em Milagres

Edição online autorizada
Livro de Exercícios

LIÇÃO 52

A revisão de hoje abrange estas ideias:

1. 1(6) Eu estou transtornado porque vejo algo que não existe.

2A realidade nunca é assustadora. 3É impossível que ela possa me transtornar. 4A realidade só traz perfeita paz. 5Quando estou transtornado, é sempre porque substituí a realidade por ilusões que inventei. 6As ilusões me transtornam porque eu tenho dado realidade a elas e assim considero a realidade como uma ilusão. 7Nada na criação de Deus é, de modo algum, afetado por essa minha confusão. 8Estou sempre transtornado por nada.

2. 1(7) Eu só vejo o passado.

2Ao olhar à minha volta, condeno o mundo para o qual olho. 3A isso chamo de ver. 4Eu retenho o passado contra todos e contra tudo, fazendo com que sejam meus inimigos. 5Quando tiver perdoado a mim mesmo e lembrado Quem eu sou, abençoarei a todos e a tudo o que vejo. 6Não haverá nenhum passado, portanto, nenhum inimigo. 7E olharei com amor para tudo o que falhei em ver antes.

3. 1(8) A minha mente está preocupada com pensamentos passados.

2Vejo só meus próprios pensamentos e a minha mente está preocupada com o passado. 3Assim, o que posso ver tal como é? 4Que eu me lembre de que só olho para o passado a fim de impedir que o presente desponte na minha mente. 5Que eu compreenda que estou tentando usar o tempo contra Deus. 6Que eu aprenda a descartar o passado, reconhecendo que, ao fazê-lo, não estou desistindo de nada.

4. 1(9) Eu não vejo nada tal como é agora.

2Se nada vejo tal como é agora, pode-se verdadeiramente dizer que não vejo nada. 3Eu só posso ver o que é agora. 4A escolha não está entre ver o passado ou o presente, a escolha está meramente em ver ou não ver. 5O que eu tenho escolhido ver me custou a visão. 6Agora quero escolher outra vez para que eu possa ver.

5. 1(10) Meus pensamentos não significam coisa alguma.

2Eu não tenho pensamentos privados. 3No entanto, só estou ciente de pensamentos privados. 4O que podem esses pensamentos significar? 5Eles não existem, portanto, não significam nada. 6Contudo, a minha mente é parte da criação e parte do seu Criador. 7Será que eu não preferiria me unir ao pensamento do universo a obscurecer tudo o que é realmente meu com os meus lamentáveis pensamentos “privados” sem significado?