Um Curso
em Milagres

Edição online autorizada
Livro de Exercícios

10.

O que é o Julgamento Final?

1. 1A Segunda Vinda de Cristo dá ao Filho de Deus esta dádiva: ouvir a Voz por Deus proclamar que aquilo que é falso é falso e o que é verdadeiro jamais mudou. 2E é esse o julgamento no qual a percepção chega ao fim. 3Em primeiro lugar, vês um mundo que aceitou isso como verdadeiro, projetado a partir de uma mente agora corrigida. 4E com essa vista santa, a percepção dá uma bênção silenciosa e em seguida desaparece com a sua meta realizada e a sua missão cumprida.

2. 1O julgamento final do mundo não contém nenhuma condenação. 2Pois vê o mundo totalmente perdoado, sem pecado e inteiramente sem propósito. 3Sem causa, e agora sem função na visão de Cristo, ele simplesmente se desvanece no nada. 4Ali nasceu e ali também termina. 5E todas as figuras de sonho em que o mundo começou se vão junto com ele. 6Os corpos agora são inúteis e, portanto, se desvanecem porque o Filho de Deus é sem limites.

3. 1Tu, que acreditaste que o Julgamento Final de Deus condenaria o mundo ao inferno junto contigo, aceita esta verdade santa: o Julgamento de Deus é a dádiva da Correção que Ele concedeu a todos os teus erros, libertando-te deles e de todos os efeitos que algum dia pareceram ter. 2Ter medo da graça salvadora de Deus não é senão ter medo da liberação completa do sofrimento, da volta à paz, à segurança e à felicidade e à união com a tua própria Identidade.

4. 1O Julgamento Final de Deus é tão misericordioso quanto cada passo no plano que Ele designou para abençoar o Seu Filho e chamá-lo de volta à paz eterna que compartilha com ele. 2Não tenhas medo do amor. 3Pois só ele pode curar toda a tristeza, enxugar todas as lágrimas e despertar gentilmente do seu sonho de dor o Filho que Deus reconhece como Seu. 4Não tenhas medo disso. 5A salvação pede que lhe dês as boas-vindas. 6E o mundo aguarda que aceites isso com contentamento, pois isso o libertará.

5. 1Este é o Julgamento Final de Deus: “Tu ainda és o Meu Filho santo, para sempre inocente, para sempre amoroso e para sempre amado, tão ilimitado quanto o teu Criador, completamente imutável e para sempre puro. 2Portanto, desperta e volta para Mim. 3Sou o teu Pai e tu és o Meu Filho”.